Filósofo Luiz Felipe Pondé explica por que deixou de ser ateu

Ninguém domine sobre vocês (Col 2:18)

“De todas as tiranias, aquela exercida sinceramente em prol do bem de suas vidas talvez seja a mais opressiva.

É melhor viver sob exploradores ladrões do que sob a onipotência moral dos intrometidos.

A crueldade dos exploradores às vezes adormece, sua cobiça pode ser saciada em algum momento; mas aqueles que nos atormentam em nome do nosso próprio bem nos atormentarão para sempre, porque eles o fazem com a aprovação das suas próprias consciências.

Eles podem ser mais propensos a ir para o céu, mas ao mesmo tempo mais propensos a fazer um inferno da terra. Esta mesma bondade atormenta com insultos intoleráveis. Para ser “curado” contra a sua vontade, e curado de estados que podemos não considerar como doenças é ser colocado ao mesmo nível daqueles que ainda não atingiram a idade da razão ou que nunca o farão; ser classificado como bebês, retardados e animais domésticos.”

C.S. Lewis

 

O Evangelho não é para quem se acha “do bem”, estes não precisam do Evangelho, pois têm sua própria justiça, mas o Evangelho é a justiça de Deus aplicada em Cristo para perdão destes que se enxergarem em sua pequenez, se prostrarem diante de Deus e se reconhecerem como pecadores igual a todos. Em terminologia teológica: Arminianismo e pelagianismo. Uma receita que agrada ao ego e autoafirmaçäo das pessoas.

O Evangelho não é uma forma de autoafirmação e bem-estar físico, mental, espiritual e psicológico (mente sã, corpo são), como tantos o usam, mas simplesmente “boas novas”.

.

Síntese Cristã

A revista Veja de 13/7 publicou entrevista interessante com o filósofo Luiz Felipe Pondé, de 52 anos. Responsável por uma coluna semanal na Folha de S. Paulo e autor de livros, Pondé costuma criticar certezas e lugares-comuns bem estabelecidos entre seus pares. Professor da Faap e da PUC, em São Paulo, o filósofo também é estudioso de teologia e considera o ateísmo filosoficamente raso, mas não é seguidor de nenhuma religião em particular. Pondé diz que “a esquerda é menos completa como ferramenta cultural para produzir uma visão de si mesma. A espiritualidade de esquerda é rasa. Aloca toda a responsabilidade do mal fora de você: o mal está na classe social, no capital, no estado, na elite. Isso infantiliza o ser humano. Ninguém sai de um jantar inteligente para se olhar no espelho e ver um demônio. Não: todos se veem como heróis que estão salvando o mundo por…

Ver o post original 911 mais palavras

Anúncios
Vídeo

Porque “Aceite a Jesus em Seu Coração” é Supersticioso e Anti-Bíblico

A Bíblia nunca usa as frases “aceite Jesus Cristo no seu coração” ou “convide Cristo para entrar em sua vida.”
The Bible never uses the phrases “accept Jesus into your heart” or “invite Christ into your life.”

Faça Alguma Coisa!

Kevin DeYoung
Kevin DeYoung

“Deus não é uma bola de cristal onde cada um pega, fricciona e observa atentamente sempre que tem de tomar alguma decisão. Ele é um Deus bom, que nos deu um cérebro, mostra-nos o caminho da obediência e convida-nos a assumir riscos por Ele.”

“Partimos do pressuposto de que vamos experimentar o céu na terra e então ficamos desapontados ao perceber como a terra tem tão pouco céu”.
“(…) As pessoas deveriam gastar-se menos, parar de passar anos a fio espiritualizando a sua incapacidade de tomar decisões, porque estão sempre ocupadas tentando descobrir, em vão, qual a vontade de Deus”.
“Não corremos riscos por Deus porque temos obsessão por segurança, proteção e, sobretudo, pelo futuro”.
“Temos de parar de pedir a Deus que nos revele o futuro e tire todos os riscos da nossa vida”.
“O que importa é quem somos e não onde estamos”.

Translation of: Just Do Something: A Liberating Approach to Finding God’s Will by Kevin DeYoung